Aula Magna dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e Engenharia de Produção traz discussão de tema sobre Mobilidade Urbana

A mobilidade urbana no planejamento da cidade. Este foi o tema central da aula magna dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e Engenharia de Produção, que aconteceu no dia 25/8, sexta-feira, no auditório da FANESE. As boas vindas foram dadas pelos coordenadores Alcides Araujo (Engenharia de Produção) e Cristiano Pacheco (Arquitetura e Urbanismo e de Engenharia Civil).

Para Cristiano, encontros como estes são valiosos, tendo em vista o impacto social que a mobilidade urbana vem causando à sociedade. “O crescimento do quantitativo desenfreado de veículos nos últimos cinquenta anos o congestionamento nas vias urbanas ficou insuportável, fora de controle. O volume alto de transportes individuais, sobrepondo os públicos, sendo estes de má qualidade, criando obstáculo ao tráfego, diante dos defeitos apresentados, contribuiu, significativamente para a queda acentuada na qualidade de vida urbana.”, ressaltou Cristiano.

Os facilitadores da aula magna foram as arquitetas e urbanistas, Sayuri Dantas e Manuelle Saturnino, facilitadoras representantes da ONG Ciclo Urbano, apresentando uma visão de sua experiência em utilizar transportes alternativos, trazendo um enfoque adequado para a mobilidade urbana e pensando na vulnerabilidade das pessoas que se deslocam dentro da cidade. Expuseram sugestões que contribuam para condições que permitam um deslocamento mais adequado pela cidade, através de priorizações dos agentes mais vulneráveis envolvidos na temática, como o pedestre e o ciclista.

A equipe da SMTT/AJU, representada pelos engenheiros Marcimiliana, Daniel e Luis Felipe, pautou sua exposição, usando comentários interpretativos da Lei Federal 12.587, de 3 de janeiro de 2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, destacando os artigos 5º e 6º, que tratam de princípios – desde a acessibilidade universal até a eficácia e efetividade na circulação urbana.

O plano de mobilidade urbana da cidade de Aracaju também foi um tópico explanando e discutido pela equipe da SMTT, informando que o mesmo está em revisão na prefeitura e que estão em discussões os critérios que conduzam a um melhor aproveitamento do espaço urbano para minorar os impactos negativos existentes nos deslocamentos da capital sergipana.

Para os alunos que se fizeram presentes, participativos nos questionamentos,a iniciativa da aula magna foi bastante inteligente e proveitosa, porque abriu novos horizontes de estudos humanísticos transversais à programação de seus cursos.


Parceiros

Convênios