Êxito total em mais uma semana de Responsabilidade Social e Ambiental

Os dias 18 a 22 deste setembro não foram suficientes para a vasta programação desenvolvida na FANESE, durante a Semana de Responsabilidade Social e Ambiental. Tardes dos idosos, noites com arte (coral composto de crianças, jovens e idosos), tudo em harmonia sob o tema Intergeracionalidade para o bem. A ASCOM teve apoio de coordenadores de curso, dos alunos, do corpo técnico administrativo, de professores e da parceira Legião da Boa Vontade (LBV) do bairro Santo Antônio. Essa comunhão de solidariedade proporcionou absoluto sucesso.

Na inclusão digital, 50 idosos que não tinham acesso ao computador, fizeram um curso em dois dias e saíram felizes por ter aprendido a abrir a internet para “Descobrir novidades do mundo.”, como afirmou dona Maria José dos Santos. Na abertura da Semana, um frisson dos alunos e professores na área de convivência do andar térreo, que também cantavam e dançavam, quando os coralistas da LBV exibiam músicas populares nordestinas. Seis palestras ligadas à qualidade de vida saudável, foram assistidas e coparticipadas, com muita motivação, por cerca de 100 idosos. Medida de pressão arterial para a participação de ginástica laboral.

Mais cinco palestrantes, discorrendo sobre aspectos ligados à prevenção do suicídio e uma palestra sobre sustentabilidade ambiental – com dicas para descarte de lixo eletrônico fizeram parte da programação. Nestas últimas seis palestras, o auditório do Bloco A também ficou lotado de alunos, nos turnos matutino e noturno, atentos e questionando sobre os assuntos tratados. E durante a abertura da noite comemorativa da passagem do Dia do Contabilista,na sexta-feira 22, o auditório do Bloco B, com cerca de 400 pessoas, entre alunos e convidados, incluindo idosos, aplaudiram a aluna cantora e violonista Gabriela e o grupo folclórico Cirandeiras, composto de 22 idosas da periferia da FANESE.

A semana ainda incorporou a noite especial dos surdos, em seu dia comemorativo, 26 de setembro, o Primeiro Encontro de Surdos de Sergipe da FANESE, onde estudam e se formam alguns deles. A emocionante noite, com dois ambientes distintos de comemoração – um, na área de convívio, com um alegre congraçamento, exposições e apresentação musical; outro, em auditório, com palestras sobre acessibilidade e atividades do surdo -, acolhendo mais de 500 pessoas, interessadas e surdos extra-FANESE nos dois espaços. Brilho inédito pela condução do evento pelos organizadores e pela vibração positiva, emotiva do público presente.

“Poder presenciar esta juventude idosa dando um banho de disponibilidade e energia participando ativamente de toda programação, que preparamos com muito carinho, dá-nos prazer em trabalhar com temas ligados à inclusão social”, ressaltou Andréa Rabelo Sousa, assessora de comunicação da FANESE.


Parceiros

Convênios