MEC avalia mais um curso da FANESE tendo a melhor nota em Sergipe

As políticas públicas educacionais da educação superior são direcionadas pelo princípio constitucional da garantia de padrão de qualidade, previsto no art. 206, inciso VII da Constituição Federal de 1988. Assim, foi instituído, em 2004, o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que tem como finalidade a melhoria da qualidade da educação nos cursos de graduação e instituições de educação superior (IES), a partir de três dimensões da avaliação: Organização Didático-Pedagógica, Corpo Docente e Tutorial, e Infraestrutura constante no Processo Pedagógico do Curso – PPC.

Primeiramente, cada IES precisa entrar no Sistema Federal de Ensino, solicitando autorização de funcionamento de um curso, a fim de iniciar suas atividades e, em outro momento, o curso poder ser avaliado, favoravelmente, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). E cabe ao Inep a elaboração dos instrumentos de avaliação, a partir de diretrizes estabelecidas pelos órgãos do MEC. Depois de receber o reconhecimento do curso, a IES se submete a um processo avaliativo periódico, para obter a renovação do reconhecimento, necessário para a continuidade da oferta.

“O reconhecimento de curso, assim como suas renovações, transcorre dentro de um fluxo processual composto por diversas etapas, dentre as quais a avaliação in loco, que culmina em um relatório da comissão de avaliadores, em que constam aferidas as informações apresentadas pelo curso relacionadas à realidade encontrada durante a visita. É gerado, assim, o Conceito de Curso – CC, graduado em cinco níveis, cujos valores iguais ou superiores a três indicam qualidade satisfatória.” (BRASIL, 2917, p. 5)

Nos dias 27 e 29 de novembro, a FANESE recebeu uma Comissão do Inep/MEC, para avaliar o curso de Arquitetura e Urbanismo. E o resultado, já esperado, foi a nota 4, a maior para este referido curso em Sergipe. Assim, nossa faculdade, enquanto Instituição de Ensino Superior (IES) do estado, com a nota máxima (5), auferida pelo MEC, reforça seu conceito, com mais um curso avaliado com nota satisfatória. A Direção Geral, a Coordenação Acadêmica e os colegiados de cursos manifestaram a satisfação por mais um conceito positivo de curso, ao tempo que parabenizam, também, seus docentes e discentes, assim como o corpo técnico-administrativo desta instituição de ensino superior melhor avaliada pelo MEC em Sergipe.


Parceiros

Convênios