fbpx

Datas comemorativas de destaque na primeira quinzena de março

Entre as principais datas que se destacam pela importância histórica e funcional, nesta primeira quinzena de março, estão: Dia Mundial de Zero Discriminação (dia 1º), Dia Mundial da Integração Cooperativa (dia 5), Dia Internacional da Mulher (dia 8), Dia do Bibliotecário (dia 12), Dia Nacional dos Animais (dia 14), Dia da Escola (dia 15) e Dia Mundial do Consumidor (dia 15).

Por quê  Dia Mundial de Zero Discriminação? Trata-se de um dia que lembra a necessidade de renovação da mobilização comunitária pelo direito humano social básico: pela não discriminação de qualquer ordem e origem. No ano passado (2019), o tema central versou sobre o fato de que as mulheres ainda precisam do consentimento do marido ou parceiro para ter acesso a serviços de saúde sexual e reprodutiva.

É oportuno lembrar que não só este eixo é importante, mas tudo que diga respeito sobre os direitos assegurados a qualquer pessoa pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, seguida na Constituição do Brasil. Mais informações sobre efeitos sobre a violência contra a mulher e sobre feminicídio, ver em nosso portal, a partir do dia 6.

A comemoração do Dia Mundial da Integração Cooperativa remete-nos a uma reflexão lógica: cooperar deve ser uma atitude do nosso cotidiano. Os atuais modelos de integração das cooperativas não conseguiram, ainda, conciliar a validade dos princípios da cooperação entre as diversas atividades produtivas com as vantagens econômicas e, consequentemente, sociais. E um dos obstáculos para consagrar a validade do espírito de cooperação tem sido a falta de articulação das centrais regionais diversificadas com as comunidades, onde aquelas estão inseridas, mesmo sem perder força econômica, garantida pela operação em escala.

Desta forma, ouvir as diversas atividades cooperativas sobre o modus operandi delas e as atitudes na condução da solução de problemas é fundamental para criar uma cultura de organização integrada com efeitos mais rápidos e positivos.

Quanto ao Dia da Mulher, haverá matéria exclusiva para este relevante assunto, após esta de informes gerais.

O Dia do Bibliotecário foi instituído pelo Decreto nº 84.631, de 12 de abril de 1980, com efeitos em todo o território nacional. A data coincide com a do nascimento de Manuel Bastos Tigre (1882 – 1957), que é considerado o primeiro bibliotecário concursado do Brasil. Engenheiro, escritor, poeta, publicitário, além de bibliotecário, entre outras habilidades, chegou a ser diretor da Biblioteca Central da Universidade do Brasil. Entre slogans criados por ele, um tem destaque, ainda em nossos dias: “Se é Bayer é bom”. A formação do bibliotecário era, àquela época, técnica. Nos dias atuais, esse profissional precisa ter concluído o curso de Biblioteconomia.

O Dia Nacional dos Animais é mais comemorado, atualmente, no Dia Mundial, 4 de outubro. E o Dia da Escola é mais comemorado nos Dias: dos Estudantes (11 de agosto), da Família na Escola (4 de outubro) e do Professor (dia 15 de outubro). A justificativa principal, para a mudança de importância destas três datas, coincide com a teoria atual das organizações, que prioriza mais o ser humano (gestão com clientes), envolvendo o aluno, a família dele e o professor.

Por fim, O Dia do Consumidor terá matéria própria na data pertinente à comemoração (15 de março).


Parceiros

Convênios