O Perfil de um bom Professor


Docente de boa qualidade est谩 sendo, infelizmente, uma raridade. Afinal de contas, com as exce莽玫es de profissionais que j谩 nasceram com o dom da doc锚ncia, os profissionais atuantes nas institui莽玫es de ensino superior s茫o oriundos das diversas 谩reas do conhecimento que n茫o tiveram uma prepara莽茫o m铆nima para o exerc铆cio da doc锚ncia.

De maneira geral, eis uma s铆ntese das principais caracter铆sticas indispens谩veis a um bom docente:

  1. No primeiro dia de aula do semestre letivo, o professor, al茅m de sua apresenta莽茫o formal, dever谩 expor aos alunos um plano de ensino da disciplina a ser executado ao longo do semestre letivo, bem como a sua import芒ncia para a forma莽茫o profissional do aluno.
  2. Como planejado, ao longo do semestre cumpre com todo o conte煤do program谩tico da disciplina e, se a carga hor谩ria for insuficiente, ao inv茅s de fazer cr铆ticas, busca solu莽茫o junto ao coordenador do seu curso.
  3. Para cada aula, programa o que vai ministrar sempre com objetivos e metas bem definidos a serem alcan莽ados no final da aula.
  4. 脡 um entusiasta do exerc铆cio da profiss茫o de docente. Tem compromisso com a qualidade do seu trabalho.
  5. Movido pelo prazer da profiss茫o, est谩 sempre procurando se atualizar. Assim, por conta deste comportamento, seu trabalho 茅 realizado com qualidade, atraindo a aten莽茫o e a admira莽茫o dos seus alunos.
  6. Em suas aulas, procura sempre incentivar a discuss茫o cient铆fica produtiva no 芒mbito do conhecimento de sua disciplina, buscando sempre fazer uma ponte entre a teoria acad锚mica e a realidade do mundo real, evitando, no entanto, assumir posturas controversas em temas, que normalmente culminam com discuss玫es improdutivas e intermin谩veis.
  7. O bom docente tem crit茅rios de avalia莽茫o bem definidos para com seus alunos. Seu compromisso 茅 com a qualidade do que faz. Com bom senso, procura dosar rigidez com flexibilidade em suas avalia莽玫es, fazendo com que seus alunos assumam suas responsabilidades.
  8. Sabe elaborar as avalia莽玫es de modo a valorizar os alunos compromissados com o saber, buscando, no entanto, incentivar os mais relapsos a mudarem de postura. Neste sentido, as avalia莽玫es devem ser feitas buscando sempre valorizar o m茅rito em detrimento da irresponsabilidade.
  9. Visita sempre a Biblioteca, procurando n茫o s贸 orientar seus alunos para a leitura de bons textos, mas, sobretudo, disponibilizar informa莽玫es ao coordenador do seu curso para aquisi莽茫o de livros no 芒mbito do conhecimento de suas disciplinas.
  10. S贸 aceita ensinar disciplina que efetivamente tem conhecimento, e que, portanto, esteja preparado para este fim.
  11. Tem boa freq眉锚ncia e 茅 pontual quanto ao in铆cio e ao t茅rmino de suas aulas, dando uma demonstra莽茫o 茅tica do cumprimento de suas obriga莽玫es para alunos. N茫o deve ser exigido dos alunos o que o pr贸prio docente n茫o cumpre.
  12. Est谩 sempre presente 脿s reuni玫es programadas pelo seu coordenador de curso, colaborando com id茅ias did谩ticas 鈥 pedag贸gicas para a qualidade do curso.
  13. Sendo profissional de magist茅rio, e, portanto, compromissado com a qualidade do seu trabalho na institui莽茫o, al茅m da carga hor谩ria ministrada, procura sempre se engajar em outras atividades, a exemplo da orienta莽茫o de relat贸rios de est谩gio supervisionado e de monografias.
  14. Sabe bem utilizar o quadro, mesmo sem o uso de instrumentos did谩ticos 鈥 pedag贸gicos. Sua aula 茅 um momento de prazer para os alunos.
  15. Tem personalidade s贸lida, atributo que inspira a confian莽a dos seus alunos. N茫o usa dois pesos nem duas medidas em suas decis玫es em sala de aula. 脡 respeitoso e trata seus alunos do mesmo modo como gostaria de ser tratado.
  16. Utiliza data 鈥 show e outros instrumentos did谩ticos 鈥 pedag贸gico quando 茅 necess谩rio, dada a sua n茫o necessidade de camuflagem de aulas.
  17. Sabe interagir com os alunos. Exercita a arte da boa transmiss茫o de conhecimento, sempre buscando ensinar os alunos a aprender.
  18. Com a consci锚ncia do papel de educador, procura sempre orientar seus alunos n茫o s贸 no que diz respeito aos conhecimentos da disciplina, mas, tamb茅m, quanto 脿 conviv锚ncia com o cen谩rio do mundo globalizado.
  19. A depender da natureza da disciplina ministrada, procura alternativas simples para transmitir conhecimento, a exemplo de visitas t茅cnicas locais. Sempre busca desenvolver intera莽茫o entre o te贸rico com o pragmatismo do mundo real.
  20. Em verdade, o bom e verdadeiro docente tem dois momentos distintos ao entrar numa sala de aula: Prazer quando a aula se inicia, e tristeza quando termina.
  21. Este 茅 o tipo de docente que a FANESE deseja inserir no seu quadro.
  22. Quando solicitado, est谩 sempre disposto a colaborar com a Institui莽茫o.
  23. O mau professor 茅 o contr谩rio de tudo o que aqui foi exposto.

N茫o se trata de fic莽茫o. O que acabei de expor foi por mim vivenciado ao longo dos meus 49 anos de magist茅rio e de conviv锚ncia com docentes e alunos.

Ionaldo Vieira Carvalho
Diretor geral da FANESE